O Bisfenol A e a avaliação de riscos

A Avaliação de Riscos do Bisfenol A (BPA) pela União Europeia concluiu que os produtos à base de BPA são seguros. As avaliações de riscos da União Europeia são regidas pelo Regulamento de Substâncias Existentes na União Europeia, um dos precursores da REACH. Essas avaliações científicas são amplamente reconhecidas como os estudos mais rigorosos atualmente, no mundo todo, sobre segurança de substâncias.

Na versão atualizada do Relatório de Avaliação de Riscos do BPA, publicado em junho de 2008, a Comissão Europeia concluiu que os produtos elaborados a partir do BPA, como o policarbonato e as resinas epóxi, são seguros para os consumidores e o meio ambiente, quando usados conforme o previsto.

Para a avaliação de riscos do BPA, os especialistas governamentais examinaram centenas de estudos que surgiram nos últimos anos, tanto pequenos estudos exploratórios, que não seguem os protocolos estabelecidos, como estudos mais amplos, estatisticamente robustos e que cumprem os protocolos e normas internacionalmente aceitos, bem como as Boas Práticas de Laboratório (BPL). A avaliação também inclui todos os grupos de idade de consumidores potencialmente afetados, inclusive bebês e crianças pequenas.

A última conclusão sobre o BPA é compatível com as conclusões das avaliações científicas de outros órgãos reguladores, inclusive a Agência Norte-Americana de Alimentos e Medicamentos (FDA) e o Ministério Japonês de Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social.

Mais informações (em inglês):

Copyright© 1996-2011, ABIQUIM Associação Brasileira da Indústria Química. Todos os direitos reservados.
Av. Chedid Jafet, 222, Bloco C — 4º andar, Vila Olímpia, São Paulo - Cep: 04551-065 - Fone: 11 2148-4700 - Fax: 11 2148 4760
Desenvolvido por Ágade Soluções E-criativas